Por que não há mais mulheres programando? Por Mel Chua

Mulheres na Computação

Quando sentimos que somos bons em alguma coisa e quando realmente pensamos que podemos aprendê-la nos fazemos isso com unhas e dentes…e quem ama de verdade fazer isso se torna especialista. É assim que as coisas funcionam.

Este sentimento de confiança é um grande motivador. Esta crença de que podemos realizar o que queremos fazer é chamado de auto-eficácia. Existem quatro fontes de auto-eficácia para uma determinada tarefa (em ordem de força):

  • fazê-lo
  • ver as pessoas como você fazendo isso
  • persuasão sociais
  • seu corpo

Pensando por esse lado porque não temos mais mulheres programando? Porque muitas mulheres não sentem que podem fazê-lo. Portanto, elas não experimentam e não perseveram na área. Podemos explicar isso pelas fontes de auto-eficácia. Vamos fazer isso, ok!?

1. fazê-lo: Se você tentar algo e tiver sucesso, esta é a melhor fonte de auto-eficácia. Na minha geração, mais meninos do que meninas “tentou” programar em uma…

Ver o post original 606 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s